top of page
Buscar
  • Foto do escritorAMP

Dia Nacional da Família - 08.12


Sabemos que a espécie humana apresenta um desenvolvimento peculiar nas suas relações sociais e interpessoais, já que a sustentam pela comunicação, e ainda por ser suscetível a adaptações. Assim, a família se constitui como um grupo natural unido pela relação onde uma geração mantém e assegura a existência da outra. A conservação e o progresso da instituição familiar depende de obra coletiva cultural, a família nos permite observar o desenvolvimento dos bebês, crianças e adolescentes, ainda nos permite observar o processo de amadurecimento e envelhecimento, e com essas experiências ela se estrutura e se baseia.

Para pensar a família como instituição e interpreta-la na sua contemporaneidade, é preciso ficar atento a como sua cultura é transmitida, seus costumes, ritos, tradições espirituais, educação e aquisição da língua que de todos os feitos, a aquisição da língua é uma das mais importantes da constituição psiquica de um sujeito, senão a mais.

A constituição psiquica que se dá entre as gerações definem as disposições psíquicas e estruturam um 'certo olhar' para o mundo, ajudando a compor formas futuras em que estes sujeitos aí constituídos, no seio desta família, vão se agregar em novos grupos no futuro. Os laços de consanguinidade não são o suficiente para a formação de uma família, os agrupamentos familiares já em povos primitivos, eram por intermédio de ritos reconhecidos, como participe de um totem, de um clã, por adoção, como famílias legítimas.

E hoje, o grupo reduzido constituído como família moderna pode apresentar também a mesma estrutura complexa, pois não há uma base modelo de família elementar, como pai (homem), mãe (mulher) e filhos. Em si, esta não é a única forma de se identificar uma família, nosso contexto cultural reconhece que a família pode se constituir também por casais homoparentais, por casais de gerações diferentes, com ou sem filhos, ou ainda por um trisal. A lei reconhece essa realidade que a construção cultural, vem passo a passo vivenciando. Assim, a família pode se constituir também como um reduto de transmissão de liberdade e respeito, transmitindo preceitos de respeito pela diversidade.

E hoje dia 8 de dezembro comemoramos o dia Nacional da Família, data para relembrar a importância da família para todo sujeito.


Claudia Conti- Psicanalista e presidente da Associação Matogrossense de Psicanálise

13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page